Limangus Africano

Read More

Nasce a raça Limangus Africano

Em 1998 começamos a experimentar a cruza Limangus com raças de origem africano puras. Procurando novas alternativas de cruzamento, conhecemos a raça Zebuína tão difundida no norte do pais. Pela importância da soja na agricultura do momento, se começou a procurar uma nova localização do gado das zonas pampeanas ao norte precisando raças que se adaptem as condições da região.

As raças sintéticas produto do cruzamento de britânicas e zebuínas, já tinham demostrado sua adaptabilidade no norte e oeste árido argentino faz décadas. Mais muitas vezes tinham perdido terreno por problemas de indocilidade, subfertilidade e qualidade de carne.

A Universidade Católica de Córdoba, tinha introduzido da África a raça Tuli. Estavam num projeto de cruzamento com raças britânicas que tinham chamado “San Ignacio”, fato interessante e prometedor para nos. Começamos o cruzamento em ventres Limangus. A produção foi enviada a destete a fazendas de Quimili (Santiago del Estero), e Pampa del Infierno (Chaco) onde podemos observar sua evolução nos dois anos seguintes. Ao mesmo tempo cruzas que foram enviadas a faena com gado Limangus puras, não perderam na venda e seu rendimento foi similar as raças britânicas. O nome do grupo de raças “Sanga” Africanas e Bos Taurus, raça que se adapta ao Tropico. Tem uma qualidade de carne superior em comparação com o gado indico. Se caracteriza por sua mansidão e docilidade. Sua fertilidade se trabalhou na Universidade Católica na cruza de novilhas de quinze meses com gado San Ignacio com sucesso. Neste ponto, procuramos trabalhar na formação de gado de base Limangus e raças africanas na sua estabilização. Hoje temos duzentas mães com touros de produção própria. Desta cruza conseguimos um gado com uma excelente conformação carniceira que vem da raça Limangus e que nós chamamos “Limangus Africano”. Faz cinco anos que participamos nas exposições de Quines, no norte de San Luis onde nossos touros mostraram uma boa adaptação as duras condições da zona. Também nossos touros tiveram sucesso no Sul de San Luis e no leste de La Pampa. Estamos otimistas respeito ao futuro desta cruza e sua difusão com todas as regiões extrapampeanas do pais.